NGO-CambioNews grd

Feriado americano cria volatilidade nos mercados. No Brasil causas são internas!

0
0
0
s2sdefault

Há inúmeros fatores externos afetando comportamento das moedas europeias em relação ao dólar, com ênfase a libra esterlina, como reflexo dos acontecimentos em torno do acordo União Europeia e Brexit, mas nos parece um pouco além do razoável buscar-se sinergia entre este fato e o comportamento do preço da moeda americana no Brasil.

Mas, o preço do dólar inicia o dia no Brasil sustentando uma alta iniciada ontem, enquanto o índice do dólar em 96,322 aponta queda de 0,27% ante a cesta de…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Crise fiscal no foco, dólar e Bovespa têm bandas. Exterior sinaliza “random walk”

0
0
0
s2sdefault

No Brasil temos um problema pontual que é a gravidade da crise fiscal e a incerteza sobre perspectivas críveis de adequação plausível ou perspectivas de superação ancorado em plano considerado viável, que, “a priori”, é condicionado de forma intensiva à Reforma da Previdência, o que deve demandar tempo, negociações e impasses, e, desta forma não enseja definição tão imediata quanto necessária e fundamental.

Como temos colocado desde muito este fato mantém prêmios de risco e afeta o com…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Otimismo interno e externo perdura, mas mercado financeiro adota postura cautelar!

0
0
0
s2sdefault

A cada dia mais parece que as decisões do novo Presidente em torno de suas escolhas para a composição do Ministério denotam assertiva nas indicações, e isto, faz com que persista e até seja incrementado o otimismo dos investidores nacionais e estrangeiros, porém agora em perspectiva de médio/longo prazo, já que os fatores imponderáveis que se opõe a um governo em transição e formação o encontram inerte a reações pela incapacidade de agir com contundência.

A postergação da reforma previ…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Novo governo ainda não é governo e congresso atual não será o novo. Então?

0
0
0
s2sdefault

Ontem, pelo que se leu e ouviu, o Presidente eleito Bolsonaro admitiu que a Reforma da Previdência, passo inicial, mas não único, para viabilização concreta das perspectivas de equacionamento da relevante crise fiscal com que se defronta o país, ficará para o ano que vem.

Não há clima no atual Congresso que com grande número de integrantes em tom de despedida pela não reeleição e, ao que parece, tem uma postura de enfrentamento com o novo Presidente, se dando uma importância que já não…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Dólar, bolsa e crescimento 2019, dependem da equação crise fiscal e reformas!

0
0
0
s2sdefault

Tudo conduz a possibilidade de não termos avanços na discussão sobre a reforma previdenciária atual sugerida pelo governo Temer até o final do seu mandato, passando esta matéria relevante para o novo governo Bolsonaro e, ao que parece, com nova formulação, o que retarda ainda mais as perspectivas para curto prazo, visto que este assunto poderá demandar discussões e debates, otimistamente, ao longo do primeiro semestre, com um Congresso baste modificado em sua composição.

Esta é uma das…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Coluna CâmbioNews nos principais veículos:

Investing.com
Money Times
Broadcast - AE

exclusivo para assinantes

Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo