NGO-CambioNews grd

Dólar reflete hedge cambial. “Sell-off” na Bovespa e saídas do país no foco

0
0
0
s2sdefault

O que vem ocorrendo não nos surpreende, pois tem sido recorrente a sinalização nos nossos posts diários desde fevereiro esta perspectiva, mas devemos admitir que fatores externos adicionais podem alavancar o preço do dólar além das nossas expectativas, que era para o final de março já ter atingido R$ 3,50, e ficar por aí até o início da efetiva disputa eleitoral pós Copa do Mundo.

O receio era a gradual elevação do juro americano que impactaria nas estratégias de “carry trade” frente a…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Expectativas determinam comportamento dos ativos brasileiros. Postura defensiva

0
0
0
s2sdefault

A intensidade de fatores internos dando suporte a dúvidas e incertezas nas perspectivas em torno do momento seguinte do Brasil, envolvendo economia, política e, também, insegurança jurídica, agregados ao contexto externo, em especial em torno da economia americana e a política monetária do FED, alimentam as atitudes e correção dos preços e comportamento do mercado financeiro brasileiro, determinando postura defensiva que se revela nas atitudes preventivas que são evidenciadas pelo merc…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Momento é desfavorável para o Brasil, mas perspectivas não ensejam melhoras!

0
0
0
s2sdefault

Ilan Goldfajn, presidente do Banco Central do Brasil, afirmou de forma enfática:
“Tivemos queda da inflação, da taxa de juros e recuperação da economia”.

A queda da inflação é verdadeira, da taxa de juros SELIC também, mas sem correspondência em queda de juros no sistema de crédito e nem mesmo grande expansão, e a recuperação da economia podemos considerar faz parte do discurso governamental, mas o país começa a perceber que pode estar se configurando o temido “voo da galinha”.

Então co…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

O Brasil reconhece suas realidades. Mercado financeiro ajusta preços dos ativos

0
0
0
s2sdefault

Ao longo dos nossos comentários diários sempre contestamos de forma discreta na maioria das vezes e mais incisiva em algumas oportunidades a visão sobre a dinâmica da economia brasileira, foco de entusiasmadas abordagens e perspectivas exacerbadamente otimistas, pois entendíamos que havia interrompido o período de piora, mas ainda apresentava e continua a apresentar, inúmeras fragilidades que impedem que seus números possam ser considerados sustentáveis.

Sempre focamos na existência de…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Dólar na trajetória dos R$ 3,50 ou mais e Bovespa perde suporte. Economia patina!

0
0
0
s2sdefault

É tempo para reflexão sobre a realidade da economia brasileira, e, questionar se houve efetivos e sustentáveis avanços ou a sociedade foi mais uma vez vítima de orquestração propagando um euforismo exorbitante a partir de fundamentos frágeis e altamente vulneráveis.

Indicadores recentes já apontam o desapontamento crescente com os indicadores da atividade econômica, deixando absolutamente transparente que a recuperação do emprego em termos efetivos é modestíssima tanto quanto da renda…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault
Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo