Dólar sobe 0,5% na primeira alta em seis pregões; bolsa tem dia estável

0
0
0
s2sdefault

Investidores seguiram o cenário externo e aproveitaram a falta de calendário na reforma da Previdência para realizar lucros

O dólar comercial fechou nesta segunda-feira, 15, cotado aos R$ 3,76 na venda, em alta de 0,5% — a primeira em seis pregões — com a realização de lucros após uma semana de alta no câmbio e seguindo uma tendência de volatilidade. Já o Ibovespa fechou quase estável aos 103.802 pontos, queda de 0,10%.

Com o noticiário interno parado, já que a reforma da Previdência —…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

O que esperar para a bolsa e o dólar após a aprovação da reforma da Previdência

0
0
0
s2sdefault

Os analistas ainda veem espaço para a valorização das ações, mas no médio prazo. O dólar pode cair em ritmo mais lento

A máxima de que os mercados sobem no boato e caem no fato é útil para explicar o comportamento da Bolsa e do dólar nesta quinta-feira (11), dia seguinte à aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara dos Deputados. Ainda que o projeto tenha passado com alguma folga — 379 votos favoráveis, 131 contrários e nenhuma abstenção —, o Ibovespa caía 0,3% por…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Mercado financeiro ignora conversa entre Moro e Dallagnol

0
0
0
s2sdefault

Em dia morno, dólar registra leve alta de 0,2% e fecha a R$ 3,88; Ibovespa recua 0,36%

O dólar fechou em leve alta ante o real, nesta segunda-feira, 10, um dia de cenário misto para moedas de risco e com o mercado local tentando mensurar eventuais impactos sobre a articulação política decorrentes de notícias envolvendo o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. A moeda subiu 0,2%, a 3,88 reais para venda, mesmo valor da sexta-feira, 7. Já o Ibovespa, principal índice da bo…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

Após novo embate entre governo e Congresso, bolsa recua 1,4%

0
0
0
s2sdefault

Adiamento da votação de crédito suplementar de R$ 249 bi para o governo federal afeta mercado financeiro; dólar avança 1% e vai a R$ 3,90

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, fechou com queda de 1,4%, em 95.998 pontos, nesta quarta-feira, 5, influenciado pelo adiamento da votação na comissão mista de orçamento de um crédito suplementar de 248,9 bilhões de reais solicitado pelo governo federal. O volume financeiro negociado na bolsa somou 12,7 bilhões de reais.

“…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault

FECHAMENTO: Exterior positivo não impede queda do Ibov com realização de lucros e foco em Brasília

0
0
0
s2sdefault

A dificuldade de tramitação da aprovação de crédito suplementar para o governo federal cumprir a regra de ouro foi a oportunidade de os investidores realizarem os lucros das últimas semanas e derrubar o Ibovespa. O novo capítulo de desarticulação entre interesses do Palácio do Planalto com dos parlamentares acendeu novamente a sinalização binária dos investidores de alterar avaliação do prêmio do risco com qualquer ruído político, conforme explica diariamente o analista Sidnei Nehme, d…

Leia mais

0
0
0
s2sdefault
Mesa: (11) 3291-3260    |    Tel: (11) 3291-3266    |    Fax: (11) 3106-4920

Ouvidoria

0800 777 9504

ATENDIMENTO

de segunda a sexta-feira

das 09h00 às 18h00

ouvidoria@ngo.com.br

Acompanhe a NGO
ngo-icon b-facebook    ngo-icon c-twitter 

ngo-icon a-logo